Nº de mulheres mortas vítimas de violência cresce 32% na Bahia

Na segunda-feira (13) a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) divulgou que número de mulheres mortas vítimas de violência cresceu 32% em 2019 na Bahia.

De acordo com a pasta, no ano passado, foram 101 casos ante 76 em 2018.

O titular da SSP-BA, Mauricio Barbosa, prometeu aumentar o número de Unidades da Ronda Maria da Penha para tentar reduzir o crime.

Segundo ele, no ano passado, foram realizadas 24 mil rondas ostensivas, sendo que 10.482 fiscalizações protetivas. Em 2019, 76 prisões foram registradas por violência contra a mulher.

Barbosa ressaltou que quatro Unidades da Ronda Maria da Penha estão prontas para serem entregues neste ano nas cidades de Entre Rios, Cruz das Almas, Irecê e Jequié.

Segundo ele, uma cartilha será lançada em breve para ajudar a combater o crime.

Em entrevista no ano passado, o governador Rui Costa (PT) atribuiu o aumento da violência contra a mulher ao presidente Jair Bolsonaro 

Comente com Facebook