Selênio presente no ovo melhora o sistema imune, entre outras funções

Nutricionista do Instituto Ovos Brasil ressalta: “selênio contido no ovo é melhor absorvido pelo organismo”

O ovo é um alimento que contém vários minerais como cálcio, ferro, zinco, fósforo,
potássio, magnésio, sódio. Possui também uma quantidade expressiva de selênio e este
mineral é o assunto de entrevista de Lúcia Endriukaite, nutricionista do Instituto Ovos
Brasil, entidade esclarece a população sobre as propriedades nutricionais do ovo.
Lúcia ressalta que o selênio desempenha importantes funções biológicas como
antioxidante, formação nos hormônios tireoidianos, síntese de DNA, fertilidade e
reprodução.

“O selênio tem poderosa ação antioxidante modulando a produção de mediadores
inflamatórios e moléculas de adesão”, lembra a nutricionista, que completa: “Existem
evidências positivas sobre a participação do selênio no controle glicêmico e ele ainda é
fundamental na regulação da tireoide. Outro ponto importante é que o selênio atua na
manutenção e integridade de membrana celular melhorando o sistema imune. ”

O selênio é encontrado nos alimentos, na forma inorgânica como selenito, selenato ou
na forma orgânica como selenometionina e selenocisteína.
Mas apesar de ser um elemento fundamental para o organismo, a concentração de
selênio nos alimentos é variada porque depende da quantidade de selênio presente no
solo.

Neste sentido, o selênio contido no ovo é melhor absorvido e a presença de vitamina E
na composição da gema favorece ainda mais sua absorção.

Lúcia Endriukaite explica que estudos apresentam evidências de deficiência na ingestão
de minerais antioxidantes, que pode estar relacionado ao baixo consumo de alimentos
com selênio.

As recomendações nutricionais de selênio para adultos a partir de 19 anos variam de 45
mcg a 55 mcg (1 mg é 1000 vezes maior que 1 mcg). Mas fique atento: O excesso
tóxico ao organismo e o limite máximo de ingestão é de 400 mcg.

Um ovo possui aproximadamente 15mcg de selênio e representa 33% das necessidades
diárias de um adulto. Além disso, o ovo é um alimento fonte de proteína, possui em sua composição vitaminas lipossolúveis (A,D,E,K), vitaminas do complexo B, carotenoides
luteína e zeaxantina, além de minerais, que fazem dele um alimento completo.

Semana do Ovo

Com várias ações promocionais, palestras, distribuições de brindes e degustações
promovidas pelo Instituto Ovos Brasil e as entidades estaduais que representam a
avicultura, o objetivo da Semana do Ovo é ampliar a comunicação sobre o potencial
nutritivo do ovo e destacar como este é um alimento muito importante para a
alimentação humana.

O dia do ovo foi criado pelo International Egg Commission (IEC)
– órgão sediado no Reino Unido – que promove o alimento. A proposta inclui
conscientizar a população sobre os benefícios do alimento. Em 2019, o IOB e seus
parceiros pretendem fazer uma grande mobilização nacional com uma maior divulgação
sobre o ovo no dia 11 de outubro. Participe! Organize ações na sua empresa entre seus
funcionários.

Anote aí: 7 a 11 de outubro é a Semana do Ovo 2019.

Sobre o IOB
O Instituto Ovos Brasil é uma entidade sem fins lucrativos criada em 2007 com objetivo
de esclarecer a população sobre as propriedades nutricionais do ovo e os benefícios que
este alimento proporciona à saúde, além de desfazer mitos sobre seu consumo. O IOB
tem atuação em todo o território nacional e hoje é referência em informação sobre ovos
no Brasil. O site da instituição (www.ovosbrasil.com.br) reúne campanhas, dados,
pesquisas e artigos de credibilidade para o público em geral e profissionais das mais
diversas áreas.

Comente com Facebook