O que vale mais a pena: Comprar ou alugar um carro?

(Foto: Getty Images)

Os custos de ter um carro são altos. Todo ano, são pelo menos três taxas: IPVA, DPVAT e licenciamento. Dependendo do velocímetro, há revisões obrigatórias. Se isso tudo já não bastasse, é necessário se precaver contra roubos e acidentes contratando um seguro. Não é pouco dinheiro.

Mesmo com tudo isso, algumas pessoas não abrem mão de dirigir. Para escapar de tantas obrigações, uma opção está ficando cada vez mais popular: alugar um carro. Esse serviço é ofertado por empresas como Porto Seguros, Localiza, Movidas, entre outras. Os preços variam bastante, mas muitas vezes compensam.

Carro comprado ou alugado?

Para visualizar as vantagens, é necessário fazer as contas. É possível comprar uma versão quatro portas de um Chevrolet Ônix 1.4 – hoje o carro mais popular do Brasil – por R$ 47.370. Como o preço carro pode ser diferente para cada perfil de motorista e região do país, vamos pensar em um personagem fictício: um paulistano de 30 anos que resolveu comprar, em 60 vezes, este veículo

O valor de seguro anual, neste caso, é de R$2.249. Logo em seguida, precisou contratar um despachante para o emplacamento: mais R$ 150. O preço do IPVA e do DPVAT ficarão em torno de R$1.907. O licenciamento vai custar R$ 90,20. Os custos com manutenção sairão por R$ 230 ao ano. Isso sem contar, claro, o valor do próprio carro, que vai sofrer depreciação a cada dia. Sem considerar a gasolina, o total disso tudo é R$ 4.626,20.

Lembra que nosso personagem precisou parcelar o valor do carro? Depois de dar 20% do valor de entrada, ainda terá que pagar R$950,10 todo mês. Serão R$11.401 por ano só com financiamento. Junto com os outros custos, são R$16.027,20 só no primeiro ano de uso do carro.

Se ele tivesse contratado os serviços de uma locadora de carros, os custos ficariam entre R$ 999 e R$ 1.600 ao mês pelo mesmo serviço. As locadoras cobrem os custos de seguro, IPVA, licenciamento, manutenção e também o carro reserva para casos de necessidade. O combustível fica por conta do cliente. Em caso de necessidade de acionar o seguro, as duas partes – motorista e locadora – dividem a taxa de franquia. Se o motorista pegar multas, também vai precisar pagar do próprio bolso.

Quem oferece serviço de locação anual de carro

A Porto Seguros oferece um dos serviços mais em conta, mas talvez não seja o melhor para quem mora em cidades maiores. Custa R$ 999 mensais – R$ 11.988 em um ano – pelo aluguel de um Chevrolet Onix 1.0, de quatro portas. Só que o motorista pode trafegar apenas 500 quilômetros por mês.

Quem anda mais do que isso pode contratar outros planos. Um deles permite dirigir 12 mil quilômetros com o mesmo carro, mas pelo preço de R$ 1.359 mensais, o que equivale a R$16.308 anuais. Para dirigir 18 mil quilômetros, será necessário desembolsar R$ 1.429, ou R$17.148 anuais. Para 24 mil quilômetros, serão R$ 1.569 mensais, que em doze meses serão 18.828. Ao contratar esses planos, o motorista precisa se comprometer a usar os serviços por doze meses.

A Movidas também oferece um dos planos mais em conta do mercado. Nosso personagem, Lucas, poderia ter alugado um Chevrolet Onix por R$ 1.349,90 mensais e poderia rodar mil quilômetros por mês. Em um ano, esse serviço vai sair por R$ 16.198,80.

A Localiza Hertz informou, por meio de seu serviço de atendimento ao telefone, que o aluguel mensal – para um contrato de um ano – de um Chevrolet Ônix de quatro portas sai por R$ 17.937,98 anuais para rodar 3 mil quilômetros. Para rodar 4 mil quilômetros, o preço é de R$ 18.515,80 anuais. Para percorrer 5 mil quilômetros, são R$ 19.185,04 anuais. Esses valores podem variar de acordo com região e a antecedência com que o motorista contrata o automóvel antes de retirá-lo. Também podem ser pagos mensalmente, de acordo com o atendimento da empresa.

Conclusão

Se a sua dúvida é comprar um carro ou alugar, o fator do financiamento é importante. Caso não tenha o valor total para pagar à vista, alugar um carro pode economizar até R$ 4 mil no ano.

O carro quitado, entretanto, coloca a questão das restrições de cada de plano de seguro em cheque. O valor anual também pode ficar até R$ 10 mil superior. A longo prazo, levando em consideração a desvalorização do veículo, a locação pode compensar.

Fonte: Yahoo! Notícias / Yahoo! Finanças

Comente com Facebook