Helicóptero resgata mulher após parto em comunidade alagada, no ES

Bombeiros deram orientações por telefone para o trabalho de parto.
Pela manhã, helicóptero da PM buscou mãe e filho em Areal, em Linhares.

Uma grávida da comunidade de Areal, em Linhares, no Norte do estado, entrou em trabalho de parto na noite desta sexta-feira (13). A comunidade está isolada por conta da cheia do Rio Doce e os familiares tiveram que seguir orientações dos bombeiros, por telefone, para prestar os primeiros atendimentos. Na manhã deste sábado (14), ela e o bebê foram socorridos por um helicóptero da Polícia Militar e levados para um hospital de Linhares.

Noéli Conceição Santos teve parto natural, na fazenda. O bebê nasceu por volta das 2 horas da madrugada deste sábado, pesando 2,9 kg. “O meu marido foi tentar procurar ajuda, quando comecei a sentir as dores, mas não conseguiu. Não tinha como ir para o hospital. Ele ligou para os Bombeiros e eles passaram as orientações para o parto. Graças a Deus deu tudo certo e estamos bem”, conta.

Pela manhã, o helicóptero da PM foi enviado de Vitória para buscar Noélia e o bebê em Areal e levá-los para o hospital, em Linhares. Mãe e filho estão internados e passam bem.

Helicóptero da PM foi enviado para buscar mulher que deu à luz em comunidade isolada pela cheia do Rio Doce, em Areal (Foto: Capitão Sérgio Luiz Anechini/ PMES)

G1

Comente com Facebook