Sistema de rastreamento de contatos unificado estreia hoje

O propósito é monitorar o contato entre pessoas doentes e população saudável / Imagem de Foundry Co

Com uma ampla divulgação em meios de comunicação em todo o planeta as gigantes da tecnologia a Apple e o Google apresentam a primeira versão da tecnologia conjunta de rastreamento de contatos global para agências de saúde, conhecido como API (interface de programação).

O objetivo é simples, mas pode, no futuro causar,  problemas com a liberdade das pessoas; o propósito é monitorar o contato entre pessoas doentes e população saudável, e o sistema usará o Bluetooth para compartilhar informações entre o smartphone de uma pessoa com outros aparelhos nas proximidades.

Segundo informações o API terá o papel de informar outros usuários com quem esse usuário teve contato para avisar sobre os riscos envolvidos, e todo o processo é feito de forma a preservar a privacidade dos usuários, sem identificar quem é o doente e onde o contato ocorreu.

O acesso à API será limitado a um aplicativo por países, para evitar a fragmentação. Exceção apenas para locais em que o combate à pandemia é feito de forma regionalizada, como nos EUA, em que estados  farão versões próprias do aplicativo.

validade de créditos
O acesso à API será limitado a um aplicativo por países, para evitar a fragmentação.

A Austrália desenvolveu sua própria solução, e a Inglaterra não pretende fazer uso da tecnologia. Autoridades de saúde, para poder utilizar a API, devem concordar em fazer uso apenas para o rastreamento de contatos da COVID-19.

É necessário que usuários deem seu consentimento antes que a API possa ser ativada nos smartphones, antes de compartilhar um resultado positivo, e os aplicativos não poderão pedir acesso a dados de localização, nem acessar dados para enviar propaganda.

A nova API chega hoje juntamente com o novo iOS 13.5, recentemente lançado, e o recurso chegará em uma nova atualização do Google Play Service, que será disponibilizado em breve para usuários com Android acima da versão 6.

Da redação com informações de www.tudocelular.com

Comente com Facebook