Luciano Huck consegue suspender ação na Justiça por cercar de boias sua casa em Angra

De férias, Luciano Huck posta no Twitter foto em que aparece mostrando o livro que está lendo (8/1/2012)

Condenado pela Justiça Federal a pagar R$40 mil por cercar de boias sua casa em Angra dos Reis, Luciano Huck conseguiu suspender a ação na Justiça estadual, que o julga por erros na construção. A liminar foi concedida pelo desembargador Custódio Tostes, da 1ª Câmara Cível do Rio.

A informação foi confirmada ao UOL pela assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, na manhã desta quinta (9).

Sem autorização ambiental, o apresentador do “Caldeirão” cercou de boias a faixa de areia ao longo de sua mansão “sob o propósito de exercício futuro de atividade de maricultura”.

 

 

UOL

Comente com Facebook