Idosa leva golpe de namorado virtual que fingia ser Bruno Mars

Bruno Mars teve seu nome envolvido em uma polêmica inusitada depois que uma idosa sofreu um golpe por acreditar estar vivendo um romance virtual com o cantor. Segundo a emissora norte-americana KTRK-TV, ela perdeu cerca de 100 mil dólares, o equivalente a 540 mil reais na cotação atual.

A publicação afirma que a idosa de 63 anos foi vítima de um homem chamado Chinwendu Azuonwu, que estava se passando por Bruno Mars para aplicar o golpe.

Pelo que parece, os dois vinham mantendo contato por meio do Instagram entre setembro a outubro de 2018 e nesse meio tempo o golpista pediu para que fosse depositado dinheiro em contas que ele e um comparsa, chamado Basil Amadi, tinham acesso.

A idosa, morada do Texas, não teve sua identidade revelada. Mas, em contato com a emissora KTRK-TV, deu detalhes sobre seu “envolvimento” com o falso Bruno Mars.

De acordo com ela, o homem a convenceu de que ela estava tendo uma conexão significativa com o cantor de 35 anos e, ao se ver apaixonada, aceitou depositar inicialmente US$ 10 mil (R$ 54 mil) para um “amigo da banda” a fim de “custear as despesas da turnê”.

E, dois dias após o primeiro pagamento, a idosa também transferiu mais US$ 90 mil (R$ 486 mil). Totalizando cerca de 100 mil dólares, o equivalente a 540 mil reais.

No relato, a idosa disse que realmente achava que estava falando com o cantor porque a pessoa por trás da conta tinha enviado diversos textos e fotos de Bruno Mars. O golpista ainda afirmava que estava em turnê, mas que pararia de fazer shows para ficar com ela.

Agora, Chinwendu Azuonwu e Basil Amadi enfrentam acusações por lavagem de dinheiro. E na última terça-feira (9) o Tribunal de Justiça do Condado de Harris, no Texas, determinou que a fiança de Azuonwu seja fixada em US$ 30 mil (R$ 162 mil).

Fonte: Portal Popline

Comente com Facebook