Governo do Brasil pede suspensão de filme da Netflix acusado de sexualizar crianças

Cena do filme 'Cuties' (ou 'Lindinhas', no Brasil), filme acusado de sexualizar crianças
Cena do filme 'Cuties' (ou 'Lindinhas', no Brasil), filme acusado de sexualizar crianças (Foto: Reprodução/Netflix)

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos pediu a suspensão da veiculação do filme “Lindinhas” (“Cuties”, em inglês) no Brasil, além da apuração da responsabilidade pela oferta e distribuição de conteúdo. A produção francesa da Netflix é acusada de sexualizar crianças.

O pedido foi encaminhado à COPEIJ (Coordenação da Comissão Permanente da Infância e Juventude). Comentando o caso, a ministra Damares Alves disse que o governo do presidente Jair Bolsonaro atuará “nessa luta”.

“Crianças e adolescentes são o bem mais precioso da nação e o mais vulnerável. É interesse de todos nós botarmos freio em conteúdos que coloquem as crianças em risco ou as exponham à erotização precoce. O governo do presidente Jair Bolsonaro não vai ficar parado nessa luta. Vamos tomar todas as medidas judiciais cabíveis. A nossa luta é para direitos humanos para todas as crianças do Brasil.”

No ofício assinado pela SNDCA (Secretaria Nacional de Direitos da Criança e do Adolescente), o secretário Maurício Cunha afirma que o filme “apresenta pornografia infantil e múltiplas cenas com foco nas partes íntimas das meninas enquanto reproduzem movimentos eróticos durante a dança, se contorcem e simulam práticas sexuais.”

“A SNDCA vê com extrema preocupação a perpetuação do conteúdo que, longe de ser entretenimento ou liberdade de expressão, na verdade, afronta e fragiliza a normativa nacional de proteção à infância e adolescência.”

Em vídeo promocional, a diretora de “Cuties”, Maïmouna Doucouré, explica que o filme é justamente uma crítica à sexualização de crianças em nome de uma suposta liberdade sexual.

“Eu conversei com centenas de pré-adolescentes para entender como elas se relacionavam com sua feminilidade hoje em dia. Essas garotas veem que, quanto mais a mulher é textualizada nas redes sociais, mais bem-sucedida ela é. E sim, isso é perigoso.”

Argumento da Netflix

A Netflix também já havia se pronunciado após as críticas ao longa.

“‘Cuties’ é uma crítica social à sexualização de crianças. É um filme premiado, com uma história poderosa sobre a pressão que jovens meninas sofrem das redes sociais e da sociedade em geral enquanto crescem — e encorajamos qualquer pessoa que se importa com este tema fundamental a assistir ao filme.”

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de UOL

Comente com Facebook