Festival Internacional de Curtas começa em plataforma online e gratuita; saiba como acessar

O festival Curta Kinoforum, de curtas-metragens
O festival Curta Kinoforum, de curtas-metragens, acontece online e gratuitamente (Foto: Reprodução/Facebook)

O Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo — Curta Kinoforum — chega à sua 31ª edição com 212 filmes produzidos em 46 países. Assim, a programação neste ano será online (acesse neste link), entre os dias 20 e 30 de agosto, e de forma gratuita.

Conforme a criadora e diretora do festival, Zita Carvalhosa, a realização do festival de forma virtual foi grande desafio. Entretanto, ela diz que foi uma oportunidade para que um público maior possa ter acesso aos curtas-metragens.

“Quando, no mês de março, a gente já imaginou que não conseguiria fazer o festival presencial devido à pandemia, decidimos abrir as nossas telas para os curtas que tinham se inscrito, mais de 3 mil curtas. Se por um lado, não encontramos as pessoas nas salas, por outro lado, o festival está no Brasil inteiro e isso é muito legal”, disse a Diretora do Curta Kinoforum sobre edição virtual em meio à pandemia.

Como acompanhar

Os filmes, as lives e demais atividades virtuais serão acessíveis no endereço online do festival. Além disso, existem os aplicativos innsaei.tv para celulares, tablets e smart TVs, disponíveis nas lojas do Google Play ou Apple Store. Para televisores, pode-se utilizar Airplay e Chromecast.

Hoje (20), às 20h, será realizada cerimônia virtual de abertura, com exibição de títulos de destaque do festival. Ao longo da programação, além da exibição dos curtas-metragens, estão agendados encontros, debates, masterclass, atividades de formação, um seminário internacional e happy hours.

De acordo com a diretora, o esforço maior foi buscar, no ambiente virtual, o próprio ambiente do evento, com seus fundamentais encontros entre o público cinéfilo, os cineastas e profissionais de várias latitudes e longitudes.

“Para isso, buscamos uma parceria que aceitasse essa premissa de construir uma plataforma especialmente desenhada para um festival com programação dinâmica e com a possibilidade de apresentar sessões de filmes e garantir as trocas entre as pessoas”, disse Zita Carvalhosa sobre edição virtual do Curta Kinoforum.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de UOL

Comente com Facebook