Dieckmann foi chantageada por conta de fotos nua: “Pediram R$ 10 mil”, diz advogado

Segundo Castro, Carolina ficou muito abatida com o vazamento

A atriz Carolina Dieckmann foi chantageada por cerca de um mês por conta das fotos em que aparece nua, segundo informações do advogado que assumiu o caso, Antônio Carlos de Almeida Castro. “Pediram R$ 10 mil para que não divulgassem as fotos, mas o mais importante foi ela não ter cedido. As imagens estavam em seu computador”, disse ao Ego.

Segundo Castro, Carolina ficou muito abatida com o vazamento – ela também não tinha dimensão da quantidade de fotos que estava na mão do chantagista, que dizia ter só duas imagens. As fotos estavam originalmente no computador da atriz.

“Carolina está abatida e muito chateada. Ela nunca cogitou a possibilidade de posar nua porque sempre se preservou”, disse Antônio Carlos, que se encontrou com Carolina nesta tarde.

Caso será investigado
O advogado disse que já entrou com uma ação inibitória, na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, para que as fotos publicada sejam retiradas de circulação. “Quem não obedecer, estará sujeito a uma multa diária”, diz.

“O caso foi agravado pelo fato de José, filho mais novo da atriz, aparecer em uma das imagens. Foi uma coisa sórdida e cruel”, explica o advogado.

A polícia também deve iniciar uma investigação para descobrir quem é  autor do crime. Carolina deve depor sobre o caso.

 

Correio  da Bahia

Comente com Facebook