Como acabar com cupim

Encontrou cupim em casa e quer saber como se livrar dele? O primeiro passo é idenficá-lo. Isso mesmo, existem dois tipos de cupins: o do-solo e o de madeira seca. Conversamos com o biomédico Roberto Figueiredo, conhecido como Dr. Bactéria, que explica a diferença entre eles e como acabar com o cupim de uma vez por todas!

Cupim-do-solo

Sabe aquele caminho de cupim de aparece na sua parede? Este é o cupim-do-solo. E pasme, ele pode atravessar andares de um edifício. “Se você cortar o contato com o solo eles morrem. Mas os que estão abaixo logo criam outros caminhos”, explica o Dr. Bactéria. Por isso, a forma ideal é encontrar o cupinzeiro. Às vezes é preciso até escavar o solo para resolver o problema. Caso não consiga chegar até o foco, será necessário investir em injeções de cupinicidas. Mas existe a chance de não acertar o cupinzeiro e ter que repetir o processo diversas vezes.  

Cupim de madeira seca

Esse é o cupim que cresce diretamente nos objetos e, por isso, é mais fácil de resolver. As injeções de cupinicidas são uma boa opção. Basta injetar e fechar os buraquinhos. Agora fique atento, pois além do cupim de madeira seca, o seu móvel pode estar com besouros. Neste caso, é preciso identificar pelo pó que ele solta. “O pó muito fininho, que lembra uma farinha, é o besouro. Já os granulos são dos cupins”, explica o biomédico. 

Besouro

Acabou descobrindo que o malfeitor no seu caso é o besouro. Simples! Combine o cupinicida com querosene, injete em cada buraquinho da madeira e tampe-os. 

Manutenção

Vale ainda, de tempos em tempos, checar cada móvel e objeto de madeira dentro de casa. Por vezes, os cupins estão por trás do material, enquanto na fachada, parece tudo bem. Uma revisão a cada seis meses pode evitar a proliferação do inseto. 

Fonte: Casa Vogue

Comente com Facebook