Covid-19: Alasca confirma caso de reação adversa severa à vacina da Pfizer

Mulher segura frasco rotulado como de vacina contra Covid-19 em frente a logo da Pfizer em foto de ilustração
Mulher segura frasco rotulado como de vacina contra Covid-19 em frente a logo da Pfizer em foto de ilustração (Foto: REUTERS/Dado Ruvic/Direitos Reservados)

Nesta quarta-feira (16), funcionários de Saúde do estado do Alasca, nos Estados Unidos, confirmaram que uma profissional de saúde sofreu uma reação alérgica a vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Pfizer na terça (15). 

“Houve uma reação adversa na noite de ontem”, conforme Anne Zink, diretora médica do Departamento de Saúde e Serviços Sociais do Alasca, em uma teleconferência com repórteres.

Médicos trataram a profissional e disseram que o quadro dela é estável.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de CNN

Comente com Facebook