Policial faz abordagem dando soco no rosto de mulher em Sergipe

Uma mulher, de 23 anos, recebeu um soco no rosto por autoria de um policial militar durante uma confusão no último domingo (5). O caso aconteceu no decorrer de uma cavalgada realizada no município de Cristinápolis, em Sergipe. A Polícia Militar informou, ao portal g1, que o evento era ilegal e que, também, foi acionada por populares para comparecer até o local devido aos barulhos de escapamento de motocicletas.

Durante a abordagem, a moto da companheira da vítima caiu e, quando ela tentou levantar o automóvel, os militares a ameaçaram, como informou Cleidiane Oliveira, ainda de acordo com a publicação. Dessa forma, ela então iniciou a gravação da ocorrência. Depois do soco, a vítima caiu no chão.

“Aí o policial veio para cima de mim. Ele me derrubou, puxou meu cabelo. Depois me deu um murro”, detalha. Ainda assim, Cleidiane admitiu que pegou uma pedra, porém não jogou. Essa versão foi rebatida pela PM.

A corporação disse, por meio de nota, que os agentes ordenaram que a mulher desligasse a moto e deixasse o veículo, que estava sem placa, assim como sem escapamento. Ela, porém, se recusou. Sendo assim, a vítima foi deslocada para a delegacia, assinou um Termo Circunstanciado e foi liberada em seguida.

Sobre o caso, o governador do estado, Fabio Mitidieri, indicou, através de uma rede social, que pediu rigor na apuração da ocorrência.

Fonte: BNews

Comente com Facebook