Quatro policiais são presos em nova fase de operação para combater milícia na Bahia

Ministério Público do Estado da Bahia
Policiais são presos em nova fase de operação do MP para combater milícia na BA (Foto: Alan Oliveira/G1)

Nesta sexta-feira (27), quatro policiais foram presos na segunda fase da Operação Alcateia, do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), para desarticular uma milícia suspeita de cometer crimes de homicídio, tráfico de drogas, organização criminosa, além de outros delitos típicos de atividade miliciana, como torturas e extorsão.

A atuação da operação ocorreu em Salvador, Camaçari e Lauro de Freitas, cidade da região metropolitana, e em Paulo Afonso, no norte da Bahia. Não há detalhes sobre em quais das cidades os policiais foram presos.

Conforme o MP-BA, durante esta sexta, foram feitas novas coletas de provas nos endereços de um oficial de alta patente, que foi afastado das funções públicas por meio de uma medida cautelar durante a primeira fase da operação, que ocorreu em outubro deste ano.

Na ocasião, cinco policiais militares foram presos e 14 mandados de busca e apreensões também foram cumpridos. Ainda de acordo com o MP-BA, nesta sexta, sete mandados de prisão temporária, cumpridos na primeira fase da operação, foram convertidos em prisão preventiva.

A operação é do M-BA, por meio do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Grupo Especial para o Controle Externo da Atividade Policial (Gacep), em conjunto com a força-tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de Combate a Grupos de Extermínio e Extorsões.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de G1

Comente com Facebook