Operação cumpre mandados contra supermercados acusados de sonegar R$ 12 milhões em Irecê

Operação contra empresas do setor supermercadista deflagrada em Irecê
Operação contra empresas do setor supermercadista é deflagrada em Irecê (Foto: Natália Verena/Polícia Civil)

Na manhã desta quinta-feira (29), uma ação da polícia cumpre mandados de busca e apreensão em Irecê, Centro Norte da Bahia. Empresas do setor supermercadista são os alvos, por conta de acusações de sonegação de impostos no valor de R$ 12 milhões.

De acordo com a Polícia Civil, a operação tem o intuito de coletar provas de sonegação fiscal das suspeitas na tática de criar empresas em nome de “laranjas”” a fim de suprimir ou reduzir o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Conforme o delegado José Alves Bezerra Júnior, diretor do Draco, “as empresas envolvidas vinham sendo monitoradas pelos órgãos fazendários desde o ano de 2017, sendo que desde então foram remetidas três notícias-crime relativas ao grupo”.

A força-tarefa que realiza a ação, intitulada Marca Passo, é feita em conjunto entre Coordenação Especializada de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Ceccor-LD/Dececap) do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), do Ministério Público Estadual e pela Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de Bahia Notícias

Comente com Facebook