Justiça decreta prisão de suspeitos do triplo homicídio que vitimou menina de 7 anos

Maikele de Jesus Santos
Maikele de Jesus Santos, de 7 anos, foi morta com um tiro no peito na noite de domingo (2), em Itabuna, sul da Bahia (Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

A Justiça de Itabuna identificou e expediu mandado de prisão aos dois suspeitos pela morte de Maikele de Jesus Santos, de 7 anos, vítima de um tiro no peito. O crime, que também deixou três pessoas mortas, ocorreu no domingo (2).

O Tribunal do Júri de Itabuna expediu os mandados de prisão na terça-feira (4) e, por isso, os indivíduos já são considerados foragidos da Justiça. Conforme a polícia, os suspeitos eram Jackson Vicente Pereira e Lucas Dias Brito, com um terceiro homem ainda sem identificação.

Durante uma troca de tiros no bairro Lomanto, Maikele de Jesus Santos foi morta dentro de casa. Três homens teriam chegado de carro e atirado contra dois homens. Estes seriam Romério Ferreira dos Santos, de 40 anos e Taique Silva Rodrigues, de 21 anos, ambos com passagens pela polícia.

Um dos tiros atingiu a menina.

As autoridades creem que o triplo homicídio resulta de uma disputa entre facções rivais, para o controle do tráfico de drogas na região. Ainda de acordo com a polícia, uma bala perdida pode ter atingido a menina. Entretanto, a mãe da criança não acredita que ela foi vítima de bala perdida, como as autoridades e testemunhas relatam.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de G1

Comente com Facebook