Justiça decreta a prisão de três jovens que espancaram estudante e morador de rua na Ilha do Governador

Vítor Suarez Cunha Foto: Urbano Erbiste

A 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça decretou a prisão temporária de três dos cinco agressores do estudante Vítor Suarez Cunha, de 21 anos, e de um morador de rua nesta sexta-feira. Eles serão indiciados por tentativa de homicídio.

A informação foi confirmada pelo delegado da 37ª DP (Ilha do Governador), Deoclécio de Assis Filho. Tadeu Assad Farelli Ferreira e William Bonfim Nobre Freitas foram à delegacia depor e já estão presos. Rafael Zanini Maiolino está foragido. Outros dois jovens, identificados como Geminha e Flim, estão sendo investigados.

No momento, uma segunda vítima do grupo está prestando depoimento.

Vítor Cunha está internado com diversas fraturas na face em uma clínica particular. Ao tentar proteger um morador de rua, que estava sendo chutado pelos agressores, na Praça Jerusalém, no bairro Jardim Guanabara, Ilha do Governador, o estudante foi espancado quase até a morte.

 

EXTRA

Comente com Facebook