Homem é suspeito de feminicídio por matar mulher que se recusou ter relações sexuais

Jovem é morto a tiros ao sair da casa do pai em Itabela

Um homem foi preso, nesta segunda-feira (24), na cidade de Itapetinga, horas depois de matar a facadas uma jovem de 23 anos, que se recusou ter relações sexuais. A vítima foi identificada como Giselle Sousa Santos, que foi encontrada seminua, em um terreno baldio, no bairro de Nova Itapetinga.

O suspeito foi encontrado por investigadores da Delegacia Territorial (DT) da cidade, em uma área de mata. De acordo com o titular da unidade policial, delegado Irineu Alves Andrade, o suspeito, que não teve a identidade revelada, chegou a confessar o crime e disse que costumava usar drogas com a vítima.

“Ele não soube informar a motivação do delito, mas há indícios de que Giselle foi morta por se recusar a manter relações sexuais com o autor”, destacou o delegado. O homem foi autuado por feminicídio e está à disposição da Justiça.

Giselle chegou a ser socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. “A mulher foi localizada em um terreno baldio, seminua, e suas roupas foram encontradas no interior da sua residência, na Avenida das Indústrias”, detalhou o titular da DT.

Fonte: BNews

Comente com Facebook