Eunápolis: Mulher encontrada morta no Buracão do Cross ainda não foi identificada

A mulher encontrada morta no local conhecido como Buracão do Cross, às margens da BR-367, na região central de Eunápolis, na manhã de domingo (21), ainda não foi identificada.

O crime pode ter ocorrido há vários dias, pois, segundo o Departamento de Polícia Técnica, o corpo já estava em estado avançado de decomposição.

O delegado Eridelson Bastos informou que a mulher tinha em torno de 1,67 de altura, cabelos crespos com tranças e estava trajando uma camiseta curta de cor preta. “Ela possuía tatuagens nos braços. Em um deles estava escrito o nome Amaral”, afirmou o delegado.

De acordo com os peritos, a mulher estava sem a vestimenta inferior.

Uma bermuda jeans e uma calcinha branca foram encontradas a cerca de 20 metros do corpo.

A perícia apontou ainda que a vítima apresentava uma lesão na cabeça provavelmente causada por algum objeto contundente, e um corte na orelha esquerda. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Eunápolis.

Comente com Facebook