Dono de barraca de praia é procurado suspeito de estuprar criança na Bahia

Barraca de praia incendiada
Suspeito de cometer o abuso teve barraca de praia incendiada no domingo, logo após o caso (Foto: Redes Sociais)

O dono de uma barraca de praia do distrito de Guaibim, em Valença, baixo-sul da Bahia, é procurado pela polícia, suspeito de estuprar um menino de 10 anos, no domingo (8). De acordo com informações da Polícia Civil, a 1ª Delegacia Territorial (1ª DT/Valença) registrou o caso.

Ainda conforme a Polícia Civil, as autoridades ouviram a vítima e os familiares e expediram guias de exames de lesões corporais. Entretanto, a polícia não divulgou o teor dos depoimentos.

Ainda no domingo, um grupo incendiou a barraca do suspeito. A polícia também está investigando a autoria do incêndio.

Na manhã desta terça-feira (10), moradores de Guaibim realizaram um protesto, cobreando a prisão do suspeito, que ainda está desaparecido. Os manifestantes bloquearam os dois acessos da avenida principal, que dá acesso à região das praias, montaram barricadas e incendiaram objetos, impedindo a passagem de veículos.

De acordo com a Polícia Militar, o protesto teve início às 7h30. Foi preciso o auxílio dos agentes para que o trânsito pudesse ser reordenado e evitar possíveis desentendimentos com motoristas. Por volta das 10h a manifestação teve fim o trânsito foi liberado.

“Estivemos no local para convencer os manifestantes a liberar a pista. Fizemos um apoio ao protesto e encaminhamos o grupo até o centro do Guaibim, onde eles fizeram uma oração e seguiram com palavras de protesto”, afirmou.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de G1

Comente com Facebook