Bahia: Homem suspeito de integrar quadrilha formada por família de ciganos é preso

Arma e munição apreendidas em operação da polícia
Suspeito de integrar quadrilha formada por ciganos é preso na Bahia (Foto: SSP-BA/Divulgação)

Na terça-feira (28), um homem suspeito de ter ligação com uma quadrilha formada por ciganos – apontada pela polícia como autora da morte de dois irmãos – foi preso em Carinhanha, cidade do sudoeste da Bahia. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), ele mandava, através do celular, fotos de armas para os suspeitos das mortes dos irmãos.

A prisão ocorreu durante a segunda fase da Operação Martinelli. Conforme a SSP-BA, na primeira fase, no começo deste ano, pai e três filhos, ciganos, foram presos preventivamente pela suspeita da mortes dos dois irmãos. Não há detalhes sobre esses crimes. Já nessa segunda fase, o homem foi preso pela suspeita de ligação com o grupo.

Ainda de acordo com a secretaria, após a prisão dos quatro suspeitos, no começo deste ano, a polícia começou a investigar outros possíveis envolvidos, quando identificou fotos de armas no celular do suspeito preso na última terça.

A SSP-BA pontuou ainda que o homem foi preso em casa. Os policiais foram até a residência do homem, onde encontraram ele com uma arma calibre 38 em punho. Ele se rendeu ao perceber que o local estava cercado. Ele foi levados para a delegacia onde foi autuado por porte ilegal de armas e associação criminosa.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de G1

Comente com Facebook