Polícia investiga caso de criança que teve traumatismo craniano ao bater cabeça em vaso sanitário

A Polícia Civil de Itamaraju, investiga o caso de uma menina de 5 anos, que teve traumatismo craniano após bater a cabeça em um vaso sanitário, no interior de sua casa.

A garotinha teria escorregado no chão do banheiro e sofrido o suposto acidente, mas de acordo com o delegado Gilvan Prates, lesões no corpo da criança foram constatados pelos médicos, que desconfiaram de uma agressão.

A menina mora com a mãe e o padrasto, e negam que ela tenha sido agredida. Ainda de acordo com o delegado, o casal se conheceu no início deste mês e começou a morar junto.

Em depoimento à polícia, o padrasto da menina, disse que o caso aconteceu quando a menina foi tomar banho no último domingo, 18 de agosto. No momento da queda, a mãe não estaria em casa, no bairro Novo Prado.

A garotinha foi inicialmente socorrida ao hospital local e os médicos ao constatarem lesões no corpo da vítima, acionaram o Conselho Tutelar.

A menina foi transferida em estado grave em uma UTI aérea para o Hospital do Subúrbio em Salvador, onde permanece em coma.

sulbahianwes

Comente com Facebook