PM suspeito de matar indígenas em Itabela se apresenta à polícia

O suspeito de matar os indígenas Nawir Brito de Jesus, 16 anos, e Samuel Cristiano do Amor Divino, de 21, se apresentou à polícia, na manhã desta segunda-feira (30), em Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia.

O homem é soldado da Polícia Militar e prestava serviço de segurança privada na região.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), o militar, que estava com a prisão decretada, se apresentou à polícia acompanhado de dois advogados.

Ele estava sendo procurado por equipes da Força Integrada (FI) de Combate a Crimes Comuns envolvendo Povos e Comunidades Tradicionais.

O soldado será transferido para a cidade de Eunápolis, onde será ouvido e concluído o processo de cumprimento do mandado de prisão.

Após esse trâmite, o militar será levado para o Batalhão de Choque da PM, na cidade de Lauro de Freitas, localizada na Região Metropolitana de Salvador, onde ficará custodiado.

No último sábado (28), a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) informou que o suspeito havia sido identificado pela polícia.

Durante buscas, os policiais apreenderam armas, celulares, rádios comunicadores, entre outros dispositivos eletrônicos, encontrados em um imóvel utilizado pelo suspeito na zona rural de Porto Seguro, cidade localizada na mesma região.

Fonte: g1

Comente com Facebook