VÍDEO: Indígenas e policiais militares entram em confronto no Centro Administrativo da Bahia

Um grupo de indígenas tentou, na manhã desta terça-feira (26), invadir o prédio da Governadoria do estado, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Em vídeos feitos por pessoas que estavam no local, é possível ver o momento exato em que um grupo de indígenas avança em direção à entrada do prédio e derruba barras de ferro. Policiais Militares e seguranças que estavam no local usam sprays e bombas de efeito moral a fim de dispersar o grupo.

Segundo o governo do estado, um policial ficou ferido no confronto, após os manifestantes atirarem pedras e outros objetos contra a PM-BA. Uma porta de vidro também teria sido danificada na confusão.

Após o tumulto, as lideranças do movimento e policiais da Casa Militar conversaram e os indígenas desistiram de invadir o prédio.

De acordo com os manifestantes, professores indígenas da rede estadual de ensino recebem uma média salarial menor que os demais docentes do estado. Para eles, trata-se de racismo institucional praticado pelo governo da Bahia. O grupo, então, reivindica igualdade de salários.

Em nota, o Governo do Estado ressaltou que as reuniões previamente programadas com os indígenas serão mantidas.

Ainda conforme o Governo, na tarde desta terça, a Secretaria de Relações Institucionais e o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Carlos Martins, atenderam uma comissão com o objetivo de dar continuidade às negociações que envolvem os interesses indígenas.

Fontes: Bahia Notícias e g1

Comente com Facebook