Passarela desaba na Marginal Tietê e atinge três veículos

Uma passarela desabou por volta das 19h desta quinta-feira (14) na Marginal Tietê sentido Rodovia Castello Branco, após a Ponte Ferroviária Comunidade Húngara e uma das alças de acesso à Rodovia Anhanguera.

De acordo com o Corpo de Bombeiros duas pessoas ficaram levemente feridas e foram levadas ao hospital. 

Segundo informações iniciais, a passarela de serviço caiu sobre três veículos: dois ônibus de viagem e um caminhão. Há carros que conseguem passar por baixo da ponte de serviço. 

A estrutura provisória faz parte de uma obra para a construção do viaduto.

O prefeito Bruno Covas (PSDB), determinou que o secretário de segurança urbana, coronel José Roberto, responsável pela Defesa Civil, fosse ao local. 

Segundo as primeiras informações, trata-se de uma passarela de apoio, sob responsabilidade do Consórcio Ligação Viária Lapa-Pirituba (formado pela empresas EIT / Constran) que fazia obras no local.

Todas as faixas da Marginal Tietê no sentido Castello estão interditadas. O trânsito para a saída do feriado já estava complicado e piorou, são ao menos 10 km na Marginal. 

Em nota, a CET informou que “a Marginal Tietê encontra-se totalmente interditada no sentido Castello Branco, após a Ponte Ferroviária Comunidade Húngara, em razão da queda de passarela de serviço para obras da futura ponte de ligação da Avenida Raimundo Pereira de Magalhães, no trecho entre as pontes Ulisses Guimarães e do Piqueri. 

A Engenharia de Campo da CET monitora o trânsito nas imediações e estuda as melhores formas de possibilitar o escoamento do trânsito. A Companhia recomenda aos motoristas que evitem a Marginal Tietê. Essa recomendação já foi passada às concessionárias alertando os motoristas que circulam pelas rodovias e utilizariam a Marginal”, diz o texto. 

O Corpo de Bombeiros enviou quatro viaturas e há 20 bombeiros no atendimento.

Comente com Facebook