Parque Nacional do Alto do Cariri fornece água para a Costa do Descobrimento

O Parque Nacional do Alto Cariri (Parna do Alto Cariri), localizado no município de Guaratinga, foi criado em 2010 e tem uma área de 19.264 hectares, fazendo divisa com duas cidades de Minas Gerais como Salto da Divisa e Santo Antônio do Jacinto. O Parna é composto por um complexo de rios, serras e morros íngremes separados por vales profundos de até 30 Km de largura.  Os topos das serras ultrapassam 1.000 metros de altitude.

Segundo o professor Rômulo, que fez o levantamento para a criação do parque, a areá possui bastante riqueza hídrica e por isso deve ser preservada. De acordo com ele, exite aproximadamente 500 nascentes na reserva, sendo que 350 já estão catalogadas.

Um dos principais rios que integram o parque é rio Buranhém que abastece metade das cidades da região baiana da Costa do Descobrimento como Guaratinga, Itabela, Eunápolis e Porto Seguro e é guarnecido por seis córregos. “Os Córregos do Norte, da Água Preta, Córrego de Pedras, o Córrego do Fernando, que nasce na fazenda de Tio Lucas e que em seu percurso se encontra com o Córrego do Pinheiro e ai vira o Rio Pinheiro, onde tem as famosas corredeiras de Monte Alegre e o Córrego do Pinheirinho alimentam o Rio Buranhém. Se não fossem as águas que descem do parque o Rio Buranhém conhecido como Rio do Peixe, já teria deixado de existir a muito tempo”, contou o professor.

“Só pra se ter uma ideia, na propriedade de Tio Lucas são mais de 60 nascentes e cinco cachoeiras catalogadas”, aformou Rômulo.

Segundo informações de moradores do distrito de Buranhém, bastam quinze dias de sol forte na nascente e o rio praticamente some, virando apenas um filetinho de água que quase desaparece no meio das areias.

Um outro fato interessante que o professor  fez questão de destacar é matas virgens existentes no Parna. “Na fazenda Reunidas de Jonasci e dona Natalina, são 80 alqueires sendo que 20 alqueires ainda tem matas totalmente virgens”, lembrou.

Dentro da área do Parque moram muitas famílias de agricultores e no momento está sendo criado o Conselho Consultivo do Parque, para ajudar na administração da unidade de conservação e em todas as decisões referentes ao mesmo.

 

 

Reproduzido por Namidianews.com.br|Créditos:NossaCara/ Fotos:Urbino Brito

Comente com Facebook