Ex-jogador mexicano é preso acusado de pertencer a cartel

O ex-jogador de futebol Omar Ortiz Uribe, conhecido como “El Gato”, foi detido acusado de ser membro de uma célula do Cartel do Golfo especializada em sequestros, informou neste sábado a Promotoria do estado de Nuevo León.

O jogador estava inabilitado pela Federação Mexicana de Futebol por um caso de doping nos jogos da Taça Libertadores da América de 2010, quando jogava no Monterrey, equipe da primeira divisão mexicana.

Por estes fatos, o jogador foi punido com dois anos sem poder jogar futebol, sanção que termina no próximo mês de abril.

Nas últimas horas, a imprensa mexicana tinha repercutido o possível sequestro do ex-goleiro, notícia que finalmente foi descartada, pois em lugar de sequestrado, estava detido.

 

 

FOLHA

Comente com Facebook