Carnaval 2012: Polícia militar reforça segurança para entrega de abadás

A entrega dos abadás (camisa que dá direito ao acesso aos blocos de Carnaval) para os foliões que vão pular atrás do trio elétrico no Carnaval 2012 de Salvador começou nesta segunda-feira, 13, e um esquema especial de segurança foi montado.

De acordo com o comandante da 35ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), major Ramalho Neto, a Operação Abadá, que visa prevenir roubos ou furtos durante a retirada das fantasias, continuará como planejado. “Nossa unidade está em funcionamento e a Operação Abadá está garantida. Inclusive temos dois módulos em frente ao Shopping Iguatemi para garantir a segurança”, afirma o major.

As empresas revendedoras de abadás reforçaram a segurança. A supervisora de vendas do Reino da Folia, Joelma Neri, conta que a loja contratou segurança particular. “Devemos manter a segurança, tanto dos clientes, quanto da mercadoria”, diz.

O mesmo procedimento foi adotado pela Axé Mix, como assegurou a coordenadora de entrega de abadás da empresa, Daniele Pires. A coordenadora de entregas da Axé Mix também afirmou que a Polícia Militar já realizou um contato prévio com a empresa para planejar o monitoramento da operação. “Eles entraram em contato para saber todas as informações sobre a entrega de abadás, incluindo local, período e quais são nossas principais necessidades”, contou Daniela Pires.

O biólogo Anselmo Souza comprou o Camarote da Central e conta que, se a greve da Polícia Militar continuasse, se sentiria inseguro para buscar o ingresso. “Geralmente levo uma sacola de outra loja ou uma mochila para despistar os bandidos”, diz o biólogo. Já o professor Lúcio Galvão comprou o bloco Camaleão e pretende buscar a camisa com o próprio carro. “É um risco para pessoas que vêm de fora e precisam utilizar táxi ou ônibus. É importante ir buscar o abadá acompanhado por um grupo de amigos e não usar nenhuma mochila com a marca do bloco”, aconselha o professor.

A TARDE

Comente com Facebook