Trump diz que vai banir TikTok nos EUA

O aplicativo TikTok e o presidente dos EUA, Donald Trump
O aplicativo TikTok e o presidente dos EUA, Donald Trump: operação da plataforma nos Estados Unidos está ameaçada (Fotos: AP e Shutterstock)

Na madrugada deste sábado (01), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que proibirá o TikTok de operar nos no país. Assim, ele rejeita um possível acordo para a Microsoft comprar o aplicativo.

“Com relação ao TikTok, vamos bani-lo dos Estados Unidos”, disse Trump a repórteres a bordo do avião presidencial Air Force One.

Trump disse que poderia usar poderes econômicos de emergência ou uma ordem executiva. Não ficou claro imediatamente como seria essa ordem. “Bem, eu tenho essa autoridade”, disse ele.

No início da sexta-feira, as pessoas que trabalhavam no assunto dentro do governo Trump esperavam que o presidente assinasse uma ordem para forçar a ByteDance, chinesa dona do TikTok, a vender as operações do aplicativo nos EUA, segundo uma pessoa familiarizada com o assunto.

O governo dos EUA está realizando uma revisão de segurança nacional do TikTok e está se preparando para fazer uma recomendação política a Trump, disse o secretário do Tesouro Steven Mnuchin a repórteres nesta semana na Casa Branca.

A ByteDance está considerando mudanças em sua estrutura corporativa e, segundo informações, já estava estudando a possibilidade de vender uma participação majoritária na TikTok.

Microsoft na briga?

De acordo com o New York Times, a Microsoft está em negociando a compra do TikTok. Trump rejeitou a ideia de um possível acordo que satisfaça as preocupações de segurança nacional.

Os críticos do TikTok temem que os dados que coletam sobre seus usuários nos EUA possam acabar nas mãos do governo chinês. Entretanto, o TikTok disse que armazena seus dados fora da China e que resistiria a qualquer tentativa de Pequim de capturar as informações.

Conforme especialistas em segurança cibernética, o risco potencial do TikTok para a segurança nacional é amplamente teórico e não há evidências que os dados do usuário do TikTok foram comprometidos pela inteligência chinesa.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de CNN

Comente com Facebook