Toyota espera vender 1,63 milhão de veículos no Japão

Nova previsão representa aumento de 36% na comparação com 2011.
Governo prorroga benefícios fiscais e reintroduz ‘subsídios ecológicos’.

Toyota quer crescer nos países emergentes (Foto: Arquivo/AP)

A Toyota Motor Corp. informou nesta quarta-feira (25) que aumentou sua expectativa de vendas de veículos no Japão em 2012. O objetivo agora é de 1,63 milhão de veículos – antes era de 1,53 milhão, citado em previsão realizada em dezembro do ano passado.

A maior fábrica de carros do Japão em volume disse que a nova previsão representa aumento de 36% na comparação com 2011. A Toyota também fez sua revisão para as vendas no resto do mundo, para 6,95 milhões de veículos – um ganho de 18% na comparação com o ano passado. Como resultado final, a gigante japonesa revisou para cima suas vendas totais em 2012 para 8,58 milhões de veículos (avanço de 21% ante o ano anterior).

No Japão, são altas as expectativas para o aumento do número de vendas de automóveis em 2012. No final de dezembro, o governo decidiu prorrogar benefícios fiscais existentes e reintroduzir os subsídios para carros com combustível eficiente, em um esforço para apoiar a indústria chave.

Perda de posição

A General Motors retomou em 2011 o título de maior montadora do mundo da rival Toyota. A confirmação aconteceu após a Toyota, antiga líder, divulgar que suas vendas totais caíram 6% em 2011, para 7,9 milhões de veículos, atingidas por severos cortes de produção após o terremoto e tsunami no Japão e enchentes na Tailândia. Assim, ela ficou em terceiro lugar, atrás também da Volkswagen, com 8,16 milhões de veículos vendidos.

A montadora japonesa está aumentando a produção para reconstituir estoques esvaziados e vai adicionar capacidade em mercados emergentes como Brasil e China este ano. Na tentativa de alcançar as rivais, a Toyota está construindo fábricas no Brasil, China, Tailândia e em outras partes, com meta de vender metade de seus veículos em mercados emergentes até 2015, hoje em 40%.

 

AUTO ESPORTE

Comente com Facebook