Garçonete é acusada de assédio sexual por servir sopa grátis a clientes

Garçonete mostra nota fiscal em que é acusada de assédio sexual
Garçonete mostra nota fiscal em que é acusada de assédio sexual (Foto: Reprodução/Daily Star)

Uma garçonete de um restaurante japonês em Londres compartilhou no Facebook um recado sem noção que recebeu de uma cliente após oferecer sopa por conta da casa.

De acordo com ela, a cliente só deixou o agrado na mesa porque a mulher afirmou que ainda estava com fome. Ela e um amigo tinham dividido uma sopa antes. O caso saiu no Daily Star.

Ao recolher o pagamento, a funcionária do restaurante reparou que não recebeu gorjeta. A nota com os pedidos veio com o seguinte recado: “sem caixinha por assédio sexual”.

“No meu local de trabalho, a gente está autorizado a distribuir missô gratuitamente conforme desejarem”, contou a garçonete no Facebook.

Ela disse que a cliente ainda se queixou com o chef se ele sabia que a funcionária estava “vendendo sexo” no restaurante — e largou a mesa toda suja.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de UOL

Comente com Facebook