Equipes começam a retirar rocha do casco do cruzeiro

Parte da pedra de 140 toneladas vai virar memorial na ilha de Giglio.
Naufrágio matou 32 pessoas na costa da Itália.

Rocha é retirada do casco do Costa Concordia nesta quinta-feira (12)

Equipes que trabalham no naufragado cruzeiro Costa Concordia continuaram nesta quinta-feira (12) a remover uma pedra de 140 toneladas do casco do navio, encalhado após um naufrágio na costa da Itália.

É necessário retirar a rocha para que o navio possa ser colocado de novo em sua posição normal e depois até retirado.

Parte da rocha vai ser usada como memorial na ilha de Giglio, para lembrar as 32 pessoas mortas no acidente.

“É uma rocha de 140 toneladas, muito pesada, feita de granito”, disse o diretor-técnico Carlo Femiani.

“Agora, estamos removendo a primeira parte, estamos fazendo buracos na rocha para cortá-la em três pedaços. Uma vai ficar em Giglio como um memorial do que aconteceu aqui”, disse.

O naufrágio, em vez de afastar o turismo, transformou-se em uma atração extra na região.

 

G1

Comente com Facebook