Após um mês preso, fundador do Megaupload é solto sob custódia

Kim Dotcom foi solto depois do pagamento de fiança

O fundador do site Megaupload foi solto sob fiança nesta quarta-feira (22), depois de passar um mês preso. Uma audiência para decidir sobre a extradição de Kim Dotcom para os Estados Unidos deve acontecer em breve.
Ele é acusado de pirataria e lavagem de dinheiro.

O alemão Dotcom foi preso em 20 de janeiro na Nova Zelândia,
onde mora. Outras três pessoas foram presas. A acusação diz que Dotcom lucrou 175 milhões de dólares desde 2005 por distribuir ilegamente conteúdo protegido por direitos autorais.

No início do mês, foi negada a liberação de Dotcom sob pagamento de fiança porque a Justiça acreditava que ele podia fugir antes da audiência para extradição.

Fundador do Megaupload Kim Dotcom deixa tribunal depois de fiança ter sido concedida na Austrália

 

CORREIO DA BAHIA

Comente com Facebook