Zé Roberto diz que racismo contra filho motivou troca do Inter pelo Bahia

Na apresentação no Bahia, meia revelou o caso ocorrido em sua passagem no Rio Grande do Sul

Novo contratado do Bahia, o meia Zé Roberto afirmou que seu filho foi vítima de racismo durante sua passagem em 2011 pelo Internacional e que este foi um dos motivos que levou o jogador a deixar o futebol gaúcho.

A declaração de Zé Roberto foi dada durante a apresentação oficial do jogador no clube, na tarde desta segunda-feira, 23, no Fazendão.

“Não gosto nem de falar, mas, ás vezes, a gente tem que falar. Não foi exatamente comigo, e sim com meu filho, na escolinha dele. Foi uma cena muito marcante e negativa para minha família. Mexeu muito com minha mulher e eu presenciei a cena”.

Zé Roberto revelou que tomou as devidas medidas sobre o incidente e que agora quer esquecer o caso na Bahia.

“Isso foi sim, uma das coisas que me levou a deixar o futebol do Rio Grande do Sul. Mas já tomamos as devidas providências, levando o caso à justiça. Agora temos certeza que isso acabou. Estou muito feliz em retornar para a Bahia por isso. Gosto daqui e de estar perto da minha família”.

 

A TARDE

Comente com Facebook