YouTuber é preso após gravar assalto fake e mobilizar PM em SC

Um youtuber de 28 anos foi preso, na última quarta-feira (18), na cidade de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, depois de realizar em uma via pública a gravação de uma simulação de assalto.

A simulação causou desespero de moradores, com isso começaram a ligar para polícia que mobilizou viaturas e helicóptero da Polícia Militar (PM).

De acordo com as autoridades, policiais receberam um chamado via 190 e as informações davam conta de que estaria acontecendo um roubo próximo a um clube de tiro, com homens portando armas do tipo fuzil. Os supostos assaltantes teriam fugido em uma caminhonete Ranger.

A denúncia mobilizou todas as viaturas e motocicletas policial do 12º Batalhão da Polícia Militar de Baleário, além de um helicóptero Águia.

Na urgência do deslocamento até o local do suposto assalto, policiais cruzaram sinais vermelho, trafegaram pela contra mão e ultrapassaram o limite de velocidade.

Pela gravidade da ocorrência gerada, todas as viaturas e motocicletas policiais do 12° BPM e o helicóptero Águia 07 foram utilizados na operação.

Outras ocorrências, que aguardavam atendimento, foram deixadas em segundo plano, por conta do suposto assalto mobilizar todos os policiais.

O youtuber foi preso em flagrante pelo artigo 265 do Código Penal, por atentar contra o funcionamento do serviço policial, além dos crimes de ameaça e a contravenção penal de perturbação do trabalho ou sossego alheios. As penas podem chegar a 5 anos de prisão.

Em suas redes sociais, a equipe do YouTuber disse que a polícia estava exagerando e que não é pra ‘acreditar’ no que era divulgado na mídia.

A polícia apreendeu armas de airsoft e outros itens utilizados na gravação do vídeo. Nas câmeras, foram encontradas cenas das gravações feitas em simulação de assalto.

Fonte: Da Redação NamidiaNews com informações de CNN

Comente com Facebook