Médico é indiciado por estupro contra criança de 10 anos na Bahia

Um médico foi indiciado por estupro contra uma criança de 10 anos, na cidade de Santa Inês, no sul da Bahia.
De acordo com a Polícia Civil, o registro da ocorrência na delegacia da cidade ocorreu no dia 17 de agosto. O inquérito foi concluído na quinta-feira (27) e encaminhado para a Justiça da Bahia. 

No registro da ocorrência na delegacia, foi notificado um estupro de vulnerável que teve como autor um médico que reside na cidade. 

Após o registro, a polícia pediu perícia do abuso da criança, tomou o depoimentos da vítima e de testemunhas e interrogou o médico. Não há informações sobre se o homem chegou a ser preso, nem o teor dos depoimentos. 

De acordo com o artigo 217-A do Código Penal, que embasa o indiciamento do médico, a pessoa que mantiver relação sexual ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 anos incorrerá na prática do crime de estupro. A pena prevista para o crime é de oito a 15 anos de prisão, independente de ter agido com culpa ou dolo.

Redação Namidia News, com informações G1 BA

Comente com Facebook