Masturbação: confira objetos que podem ajudar no orgasmo durante isolamento social

Quarentena

Além dos dedos e brinquedos eróticos, existem outras maneiras que as mulheres podem utilizar para se masturbar durante a quarentena.

Em tempos de coronavírus, estar em casa nas últimas semanas seja trabalhando ou esperando a rotina voltar ao normal, tem levado as pessoas a buscarem o prazer por conta própria através da masturbação.

As mulheres principalmente vem buscado alternativas para atingir o prazer sozinha além dos dedos.

Masturbação é autocuidado, para manter o corpo e a mente funcionando. Nestes tempos, também serve para não deixar a sexualidade para trás”, explica a blogueira de Universal, pesquisadora e diretora de marketing do Sexlog Mayumi Sato.

De acordo com o Uol, além dos dedos e brinquedos eróticos, existem outras maneiras diferentes que as mulheres podem utilizar com o que tem em casa para se masturbar durante a quarentena.

Confira dicas:

Chuveirinho

A cena de uma mulher usando o chuveirinho no banho para se masturbar faz parte do imaginário sexual de homens e mulheres.

Para a ginecologista e criadora do Projeto Afrodite, centro de sexualidade feminina do departamento de ginecologia da UNIFESP, Carolina Ambrogini, é com ele que muitas mulheres descobrem que podem sentir prazer.

“Ele também pode servir para quem não se sente bem em se tocar, por conta dos tabus da sexualidade feminina, e quer ter prazer mesmo assim”, contou para Universa.

Uma das formas de usá-lo na masturbação é direcionar o jato de água para o clitóris, com leves movimentações do corpo.

Travesseiro

O clitóris, aliás, é um órgão do corpo feito para o prazer. Fazer movimentos com o corpo para se esfregar em um travesseiro ou almofada, sentada ou deitada de bruços, pode ser uma forma simples de tocá-lo sem o uso das mãos.

Toalha enrolada

Fazer um pequeno rolinho com uma toalha limpa e macia e colocá-la entre as pernas também pode servir para o estímulo do clitóris. Faça movimentos de vai e vem, variando a intensidade, massageando a região.

Cruzar as pernas

É preciso estar bastante excitada e estimulada para que a técnica de cruzar as pernas, fazendo contrações leves e, depois, mais fortes, possa ajudá-la a chegar a um orgasmo sozinha.

A fisioterapeuta pélvica Júlia Antunes Teixeira, no entanto, explica que se masturbar assim, como em qualquer outra forma, precisa de estímulos do pensamento.

“Um detalhe importante é não se sabotar. Não pense que não vai conseguir, pois isso atrapalha.

Esteja entregue ao momento e continue estimulando a mente. Se não chegar lá com as pernas cruzadas da primeira vez, finalize de outra forma e tente novamente outro dia. O importante é treinar.

O que não usar

Para não causar acidentes, não use objetos pontiagudos, alimentos ou acessórios que possam ser introduzidos na vagina, mas que não são feitos para o uso de estímulo sexual.

Fonte: iBahia

Comente com Facebook