Líder militar morre após ingerir veneno em tribunal depois de ouvir condenação; veja o vídeo

O general Slobodan Praljak, de 72 anos, morreu nesta quarta-feira (29) um hospital de Haia, na Holanda, após ingerir veneno depois que juízes do Tribunal Penal Internacional negaram seu recurso e mantiveram a pena de 20 anos de prisão contra ele por crimes de guerra. “Eu acabei de tomar veneno. Não sou criminoso de guerra.

Oponho-me a esta sentença”, afirmou o ex-líder militar após ouvir a decisão. Ele levou a mão à boca e, diante de câmeras, aparentemente engoliu um líquido, que estava dentro de um pequeno recipiente.

Praljak liderou forças bósnio-croatas durante a Guerra da Bósnia, que aconteceu entre 1992 e 1995. Ele foi condenado em 2013 por ter perseguido, expulsado e assassinado muçulmanos durante o conflito.

O juiz que comandava a sessão suspendeu a audiência e chamou socorro. O líder militar foi encaminhado para um hospital, mas não resistiu.

Comente com Facebook