Coronavírus: Rui Costa descarta Réveillon e Carnaval sem vacina contra covid-19


O governador  Rui Costa, afirmou neste sábado (30), que é improvável haver Carnaval, Réveillon ou qualquer outra festa que gere aglomerações.

Até que seja desenvolvida uma vacina capaz de imunizar a população contra o novo Coronavirus.

“Nada está decidido, mas acho pouco provável não só Carnaval, mas Réveillon ou qualquer outra festa de aglomeração no Brasil e no mundo”, afirmou Rui à CNN.

Segundo o governador, sem a vacina, haveria um risco “enorme” de proliferação e de um segundo pico da epidemia.

O estado cancelou a realização das tradicionais Festas Juninas e antecipou feriados para tentar conter a propagação do vírus.

Um total de 2,3 milhões é o número estimado de turistas que visitaram todo o Estado da Bahia no período do carnaval, seja para curtir a folia em destinos como Salvador e Porto Seguro, ou para descansar em localidades do litoral ou da Chapada Diamantina, segundo números da Secretaria de Turismo do Estado.

A Bahia chegou a 638 mortes provocadas pelo novo coronavírus e 17.626 casos notificados, em 297 municípios, segundo boletim mais atualizado da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), no início da noite deste sábado (30). 

Redação Namidia News, com informações Instagram @ruicostaoficial, Secretaria de Turismo do Estado

Comente com Facebook