Sindicato dos Professores da Bahia decidem não voltar para aulas presenciais

Sindicato dos Professores da Bahia decidem não voltar para aulas presenciais

O Sindicato dos Professores no Estado da Bahia (Sinpro-BA) realizou uma assembleia nesta quarta-feira (9), onde decidiu não voltar para o modo de atividades presenciais ou semipresenciais.

De acordo com o Sinpro-BA, o retorno depende da completude da vacinação contra a Covid-19, e da melhora nos números da pandemia. Até que isso ocorra, os profissionais manterão as aulas remotas, segundo o sindicato.

Ademais, os professores marcaram uma nova reunião para o dia 5 de julho. Nela, eles irão debater questões ligadas ao retorno das aulas presenciais e a data-base 2021. Da mesma forma, também falarão sobre reajustes salariais referentes a maio de 2020 e maio de 2021. Isso ocorrerá pois, conforme o sindicato, as perdas acumuladas pela inflação medida pelo INPC/IBGE somam 10,24%.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de Bahia Notícias

Comente com Facebook