Salvador suspende Carnaval em fevereiro; nova data só com vacina disponível

Circuito Dodô (Barra-Ondina), em Salvador
Circuito Dodô (Barra-Ondina), em Salvador (Foto: Elias Dantas/Ag. Haack)

A Prefeitura de Salvador (BA) anunciou nesta sexta-feira (27) que o Carnaval 2021 na capital baiana não ocorrerá em fevereiro. O prefeito ACM Neto anunciou a decisão, tomada por causa da pandemia do novo coronavírus.

“O Carnaval de Salvador neste momento está suspenso”, disse o prefeito.  “Não teremos o Carnaval em fevereiro. Tudo vai depender de termos ou não uma vacina acessível a todos no Brasil.”

“A possibilidade de o Carnaval acontecer em 2021 está condicionada à existência de uma vacina acessível a todos”, continuou. Segundo ACM Neto, ainda não há data prevista e não há prazo estabelecido para a definição da festa.

Com a vacina, de acordo com ACM, então será possível que “os prefeitos das maiores cidades do Brasil se unam para decidir a realização do Carnaval em outro momento.”

Conforme o órgão municipal, surgiu o registro de um aumento no número de casos, sendo crescimento de 21% somente na última semana epidemiológica. “A situação não está fora de controle”, reforçou o prefeito.

“A segunda onda ainda não chegou em Salvador”, continuou, “mas os casos estão subindo e em situação de atenção”.

De acordo com boletim epidemiológico da Covid-19 atualizado na quinta-feira (26), a capital baiana registrou 96.618 casos confirmados e 2.726 mortes em decorrência da doença. Já a ocupação de leitos de UTI adulto está em 65%, enquanto os leitos clínicos estão 71% ocupados.

Bruno Reis, prefeito eleito no primeiro turno das eleições municipais deste ano, também estava presente no pronunciamento.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de CNN

Comente com Facebook