Recém-nascido com menos de um mês morre em decorrência da Covid-19 na Bahia

Um recém-nascido com menos de um mês morreu em decorrência da Covid-19 em Salvador.

De acordo com a mãe, Camila Carvalho, o filho, chamado Eduardo, ficou apenas quatro dias em casa após nascer. No quinto dia ele apresentou febre de 38,5. 

Segundo Camila, ela e o companheiro Iverton, levaram o filho ao hospital em que ele nasceu, por causa do estado febril que apresentou. “Dessa febre, ele ficou internado e foi aí que tudo começou: suspeita de Covid”. 

Ainda de acordo com a mãe, após o internamento o recém-nascido começou a ter dificuldade para respirar e precisou ser intubado. “Teve que intubar ele com cinco dias de internado. Ele veio a óbito com 22 dias de nascido devido a complicações da Covid”, comentou. 

O filho de Camila e Iverton foi uma das vítimas da Covid-19 no mês de março, quando foi registrado o maior número de óbitos desde o início da pandemia na Bahia.

Ao todo, 3.511 pessoas perderam a vida em março por causa da doença, com uma média de 113 mortos por dia. Já no mês de abril, já foram registradas 2.244 mortes, com uma média de 106 por dia. 

Para a médica e pesquisadora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Fernanda Grassi, os números, apesar de apresentarem leve queda, ainda são preocupantes. 

“De uma maneira geral, o que a gente observa, é um grande número de casos novos, ainda, e um grande número de mortos a cada dia. Então é uma situação preocupante que pede muito cuidado e observação”, disse a médica.

Redação Namidia News, com informações TV Bahia

Comente com Facebook