Raissa Soares deve ser convocada a depor na CPI da Covid-19, segundo Agência Senado

A CPI da Covid do Senado deve votar, a partir da próxima semana, a convocação de cinco ministros do governo federal, quatro governadores, quatro prefeitos, 13 secretários estaduais e municipais de Saúde e um membro do Supremo Tribunal Federal (STF). 

Instalada nesta semana, a CPI da Covid, que investiga a conduta do governo federal durante a pandemia do novo coronavírus, pode convocar para prestar esclarecimentos, além do governador Rui Costa, a secretária de Saúde de Porto Seguro, Dra. Raissa Soares.

Simpatizante do presidente Jair Bolsonaro e uma das defensoras do chamado tratamento precoce contra a Covid-19, Raissa ficou conhecida ao fazer um apelo ao líder do executivo federal em meados de 2020, pedindo o envio de hidroxicloroquina, remédio sem eficácia comprovada, para tratar pacientes. Depois disso, Raissa se tornou um dos principais nomes nocenário médico e político da Bahia, sendo nomeada secretária de Saúde de Porto Seguro pelo prefeito eleito Jânio Natal (PL).

O nome dela consta, segundo a Agência Senado, em um dos requerimentos feitos no Senado para prestação de esclarecimentos. Além dela, o governador Rui Costa (PT) também é alvo de pedido de convocação.

Fonte: Redação Namidia

Comente com Facebook