Risco de morte por Covid-19 é 10 vezes maior em pessoas com síndrome de Down, diz estudo

Criança com Síndrome de Down usando máscara

Pessoas com síndrome de Down têm dez vezes mais risco de morrer de Covid-19 em comparação àquelas fora dessa condição, informou uma equipe de pesquisadores nessa quinta-feira (22).

Os cientistas também descobriram um risco quatro vezes maior de internações relacionadas ao novo coronavírus para aqueles com síndrome de Down, “um grupo que atualmente não está estrategicamente protegido”, de acordo com o relatório do jornal acadêmico Annals of Internal Medicine.

“Isso ocorreu após o ajuste para doenças cardiovasculares e pulmonares e para pessoas que vivem em casas de repouso, que nossos resultados sugerem que explicam alguns, mas não todos, os riscos aumentados” para as pessoas com a síndrome, afirmaram os pesquisadores.

A análise envolveu mais de oito milhões de adultos que faziam parte de um projeto de avaliação de risco do novo coronavírus patrocinado pelo governo britânico.

Dos 8,26 milhões de pessoas no estudo de rastreamento, 4.053 tinham síndrome de Down. Destas, 68 morreram e 40% destas mortes foram causadas pela Covid-19 – 17 morreram de pneumonia ou pneumonite e as demais, de outras causas.

Esses números se comparam às mais de 41 mil pessoas sem síndrome de Down que morreram, mas apenas 20% de Covid-19, 14% de pneumonia ou pneumonite e 65% de outras causas.

A síndrome de Down não está incluída em nenhuma orientação dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês) dos Estados Unidos ou do Ministério da Saúde do Reino Unido como uma condição que colocaria as pessoas em maior risco de contrair Covid-19.

“No entanto, ela está associada a disfunção imunológica, insuficiência cardíaca congênita e patologia pulmonar e, dada sua prevalência, pode ser um fator de risco relevante, embora não confirmado, para Covid-19 grave”, concluíram os pesquisadores.

A síndrome de Down é a condição genética mais comum diagnosticada nos EUA a cada ano, de acordo com o CDC, com mais de seis mil bebês nascidos com ela a cada ano. A síndrome de Down ocorre em 1 de cada 700 bebês.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de CNN

Comente com Facebook