Líder do combate à pandemia nos EUA prevê vacina no fim deste ano

Anthony Fauci
(FOTO: JONATHAN NEWTON/THE WASHINGTON POST VIA GETTY IMAGES)

Nesta terça-feira (28), o principal especialista em doenças infecciosas dos Estados Unidos, Anthony Fauci, disse, em entrevista ao programa Good Morning America, da rede americana ABC, que está “cautelosamente otimista” de que uma vacina contra o novo coronavírus possa estar pronta entre o fim do outono e o início do inverno no hemisfério norte.

O período equivale ao fim da primavera e início do verão no hemisfério sul. Em 2020, o verão terá início em 21 de dezembro abaixo da linha do Equador.

Fauci, que é diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos EUA, ressaltou que a produção de vacinas é um processo longo e que a profilaxia deve produzir resposta imune satisfatória para ser disponibilizada à população. “Esse é realmente um dos problemas quando você lida com vacinas”, afirmou à emissora.

Ele disse, no entanto, ser bastante improvável que a vacina esteja disponível para a população dos EUA até [a passagem de] “vários meses” em 2021. Essa não é a primeira vez que o infectologista diz acreditar que até o fim do ano haverá uma vacina contra Covid-19.

Anteriormente, ele disse que estava otimista com o cronograma previsto nos estudos. Além disso, ele disse que não se preocupava com a possibilidade de a China desenvolver a vacina primeiro. “Acho que todos estão no mesmo estágio. Se eles chegarem lá, não vão conseguir muito antes do que nós, isso é certo”, afirmou, na ocasião.

Fonte: Da Redação Namidia News com informações de CNN

Comente com Facebook