Governador da Bahia aguarda avanço na vacinação com duas doses para exigir ‘passaporte da vacina’ em locais públicos

Na noite desta terça-feira (28), o governador da Bahia, Rui Costa, afirmou que aguarda o avanço da vacinação com as segundas doses contra Covid-19 para estabelecer um decreto que torne obrigatório a apresentação da carteira de vacinação digital, também conhecida como passaporte da vacina em locais públicos.

A informação foi divulgada durante o Papo Correria, programa onde o gestor responde perguntas através das redes sociais. 

“Como ainda nem todos acima de 30 anos foram vacinados, estamos esperando”, disse o governador da Bahia. 

Durante a live, Rui Costa também anunciou uma nova convocação para o programa Partiu Estágio, que será publicada no Diário Oficial do Estado de quarta-feira (29). Serão chamados mais 1.324 estudantes de nível superior das redes pública e privada para estagiar em órgãos estaduais. 

No dia 13 de setembro, o governador Rui Costa já havia adiantado que a Bahia vai passar a exigir o passaporte da vacina para acesso a locais públicos. 

Além do acesso a locais públicos, o cartão de vacina digital também será obrigatório para acessar a eventos, restaurante e estabelecimentos. Nele, será possível checar se o cidadão já tomou a vacina contra a Covid-19, e comprovar o em qual das doses a imunização está.

O passaporte da vacina também detalha quando o cidadão tomou as doses e qual o tipo do imunizante. Com isso, é possível emitir um QR Code, para que o cartão digital seja acessado sem o uso da internet.

Comente com Facebook