Coronavírus: Prefeito de Bom Jesus da Lapa pensou em “atear fogo” em cidadão

O prefeito de Bom Jesus da Lapa e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro, se pronunciou em relação ao caso de um homem que estava com COVID-19 e tentou infectar profissionais da saúde e pacientes na UPA do município. 

Em declarações para à Rádio Baiana FM, 92.5, o prefeito afirmou que pensou em ‘atear fogo na pessoa’, mas agiu pela razão e pontuou que ‘custou caro’ tirar a pessoa do município e enviá-la de volta para a família no Rio Grande do Norte.

 O homem, que é natural de Mossoró, no Rio Grande do Norte, teve um surto ao saber que foi diagnosticado com coronavírus. A situação foi resolvida com o apoio de uma guarnição da Polícia Militar.

“Quero contar com os comerciantes, as famílias de Bom Jesus da Lapa a me ajudarem nesse momento. Não dormi a noite toda, passou tanta coisa na minha cabeça. Até vontade de ir na UPA com tanque de gasolina e atear fogo nesse cidadão vivo, pela raiva e ódio. A pessoa contaminada querendo contaminar as pessoas”, disse o gestor. 

Após as afirmações ganharem repercussão negativa, o prefeito disse que usou uma ‘figura de linguagem’, por ter sentido revolta junto com os cidadãos de Bom Jesus da Lapa.

Redação Namidia News, com informações da Baiana FM

Comente com Facebook