Coronavírus: agência dos EUA crítica uso de ivermectina “Você não é cavalo. Você não é vaca. Sério, pessoal. Parem com isso”


Neste sábado (21), a FDA, agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, equivalente no Brasil à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), criticou o uso de ivermectina para tratar ou prevenir a Covid-19.

“Você não é cavalo. Você não é vaca. Sério, pessoal. Parem com isso”, disse a FDA, em uma publicação no Twitter.

De acordo com um texto da agência americana publicado em maio, altas doses de ivermectina são indicadas apenas para animais de grandes porte, como cavalos e vacas, podendo ser tóxicas para humanos.

Apesar de ser comprovadamente ineficaz contra a Covid-19, a ivermectina tem sido reiteradamente indicada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, sem qualquer tipo de embasamento científico.

Comente com Facebook