Como tirar o seu Certificado Nacional de Vacinação COVID-19

Pelo decreto nº 20.704, que entrou em vigor neste sábado (11) autorizando em toda a Bahia, até o dia 21 de setembro de 2021 alterando o decreto de nº 20.658, está permitida também a realização de eventos com venda de ingressos, limitando a presença de público de até mil pessoas.

Para a realização destes eventos, todos os envolvidos, entre artistas, público, equipe técnica e colaboradores, deve comprovar ter tomado as duas doses de vacina ou dose única, apresentando o documento de vacinação fornecido no momento da imunização ou o certificado obtido através do aplicativo ‘CONECT SUS’ do Ministério da Saúde.

Além disso, devem ser respeitados todos os protocolos sanitários estabelecidos pelos municípios, especialmente o distanciamento e uso de máscaras.

Tomou a vacina? 
Seja a dose única, sejam as duas doses, elas devem aparecer no Conecte SUS. Você pode acessá-lo pelo site (https://conectesus.saude.gov.br/home) ou pelo aplicativo Conecte SUS Cidadão, disponível gratuitamente para iOS e Android.

Conta gov 
O acesso é pela conta do sistema do governo federal. Isso pode ser feito com o CPF e um email no site https://cadastro.acesso.gov.br. É possível que você já tenha essa conta (se usou para o licenciamento do carro, por exemplo, é a mesma senha).

Aba Vacinas
Já no aplicativo, acesse a aba ‘Vacinas’. Em seguida, clique no box onde estão as informações sobre as doses, incluindo data, local e nome do fabricante.

Esquema completo
Se você completou o esquema de vacinação – as duas doses ou a dose única -, quando clicar no box, terá a opção ‘certificado de vacinação’. Lá, além das suas informações, há um QR Code. É aqui que fica a opção de solicitar também em inglês e espanhol.

Carteira 
Se você só tem uma das doses da vacina contra a covid-19, mas precisa comprovar, pode baixar a Carteira de Vacinação Digital na aba Vacinas. É a única opção para quem ainda não completou o esquema.  

Deu problema? 
Se suas doses não estiverem aparecendo, é preciso procurar o local de vacinação, a secretaria municipal ou a secretaria estadual da saúde para solicitar o registro e o envio dos dados. No entanto, lembre que é preciso aguardar um pouco: segundo o Ministério da Saúde, há um prazo de até 10 dias após a data da vacinação para que as doses apareçam no sistema. É possível também falar com o suporte no aplicativo, através do menu ‘Fale com o Conecte SUS’.

Em nota, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reforçou que ainda não existe um certificado com validação internacional, assim como o Brasil também não exige que viajantes estrangeiros estejam vacinados. 

O órgão disse, ainda, que as decisões sobre mudanças nos passaportes de vacinação extrapolam a esfera de regulação da Anvisa. O órgão só se envolve quando é solicitado pelo Ministério da Saúde ou pela OMS. 

“Ressalta-se que, até o momento, a OMS vem se manifestando no sentido de que os países não devem exigir prova de vacinação contra a covid-19. Muitos países exigem teste PCR, conjugado ou não com quarentena”, completa a agência. 

Comente com Facebook