Bahia tem baixo índice de infectados, mas é preciso ficar em casa para vencer o novo coronavírus, diz governador

Rui Costa

O presidente Jair Bolsonaro, em um pronunciamento em rede nacional de televisão e rádio exibido na noite desta terça-feira (24), culpou a imprensa, atacou governadores e prefeitos e criticou o fechamento de escolas, pelo que considera clima de histeria instalado no país.

O presidente afirmou que “nossa vida tem que continuar” e os empregos precisam “ser mantidos”. “O sustento das famílias deve ser preservado. Devemos, sim, voltar à normalidade”, e ainda voltou a comparar a Covid-19 a uma “gripezinha” ou “resfriadinho”. (Relembre aqui)

Em resposta o governador da Bahia, Rui Costa, ressaltou a importância do isolamento dos baianos para prevenção, controle e combate ao coronavírus.

“Ficar em casa reduz o contato entre as pessoas, diminui a propagação do vírus, esclareceu”.

Na fala, Rui reforçou ainda a recomendação de afastamento dos idosos, principal grupo de risco. Ele disse:

“Proteja seus idosos e evite contato com eles. É duro, é difícil, mas é necessário”. 

Dentre as diversas medidas tomadas pelo Governo do Estado para evitar aglomerações e transmissões, sejam importadas ou comunitárias, estão a interrupção de transporte intermunicipal de passageiros em mais de 20 municípios, com fiscalização contínua; a reestruturação das unidades de saúde para atendimento aos pacientes do coronavírus e gerais; a suspensão de aulas por 30 dias; e a busca de parcerias internacionais por meio do Consórcio Nordeste.

Ouça o áudio na íntegra

Da redação do Namidia News, com informações do seplan.ba.gov.br

Comente com Facebook